Jardins perdidos em Lisboa

A Margarida e o Renato chegaram tranquilos e assumiram o seu local ao sol. Este jardim recheado de cantos e recantos, a fantástica luz de inverno e dois meninos de encantar, podemos dizer que estávamos nas nuvens. 

As conversas trocam-se descontraídas e ao vosso ritmo tudo vai assumindo a vossa postura e naturalidade. Este é só uma pontinha da vossa história estamos aqui a contar dias para contar a grande historia que vai chegar num abrir e fechar de olhos... obrigada a vocês